quarta-feira, fevereiro 14, 2018

Dia dos Namorados - 14 de fevereiro ou 12 de junho?


Existem várias teorias para explicar porque o dia 14 de fevereiro (no hemisfério norte) se tornou sinônimo de romance.....e consequentemente, o Dia os Namorados

Aqui estão três hipóteses.....

JUNO
Desde o início dos tempos, que os homens celebram a fertilidade da terra na primavera...

Os romanos homengeavam Juno, filha de Saturno e mulher de Júpiter.

Juno era conhecida por ser a protetora das mulheres de Roma e por isso mesmo considerada a Deusa das mulheres e do casamento.


Entre os dias 13 e 15 de fevereiro, os Romanos celebravam a Festa de Lupercália em que clamavam por saúde e fertilidade. 


A Festa de Lupercália depois fundiu-se com o festival da purificação dos espíritos chamado Februa ou Februatio e por isso o nome do mês de fevereiro.

Vermeer
Durante este festival, as mulheres escreviam cartas ou bilhetes de amor e as deixavam em uma urna.

Ao passar pela urna, os homens retiravam um bilhete ao acaso e iam atrás da mulher que o havia escrito.
Esta tradição continuou até o século XVIII quando a sociedade passou a valorizar mais a escolha de seus parceiros ao invés de confiar simplesmente na casualidade. 
 
Segunda teoria

Acasalamento
Na idade média, acreditava-se que os passaros e os insetos se acasalavam no dia 14 de fevereiro, alguns dias antes do início da primavera no hemisfério norte.... 

Vale dizer, que desconhecia-se terras no hemisfério sul... e consequentemente diferenças nas estações do ano.....


Origem do dia de São Valentim


Ao escavarem uma antiga catacumba romana, os arqueologistas encontraram a ruína de uma igreja dedicada a São Valentim.
A igreja católica reconhece pelo menos três santos diferentes chamados Valentine ou Valentinus... e todos os três foram martirizados no dia 14 de fevereiro.
O candidato mais popular para São Valentim (patrono dos enamorados) era um padre romano do século III que praticava o cristianismo e celebrava secretamente casamentos. 
Naquela época, o imperador Claudius II havia proíbido os casamentos sem sua expressa autorização, pois ele acreditava que os soldados solteiros eram mais propensos a alistarem-se no exército e lutarem em suas guerras.
Ao ser preso sob a ira do imperador, que o considerava um traidor por celebrar casamentos sem o seu consentimento, Valentim acabou por apaixonar-se pela filha de seu carcereiro. 
Segundo a lenda, um pouco antes de sua execução, no dia 14 de fevereiro do ano 270 A.D, Valentim escreveu uma carta apaixonada à sua amada assinando “do seu Valentine”.
Os primeiros cristãos preferiam homenagear um santo dedicado às causas românticas de que celebrar um festival pagão...
Em 496 A.D., o Papa Gelasius declarou o dia 14 de fevereiro em homenagem a St Valentine, o patrono dos enamorados.
Mas em 1969, o Papa Paulo VI retirou este feriado do calendário por não haver provas de sua existência.


No Brasil, o dia dos namorados é comemorado em 12 de junho, na véspera do dia de Santo António, o santo casamenteiro de origem portuguesa.












sábado, fevereiro 10, 2018

A origem do Carnaval

Fonte da imagem
O Carnaval é uma festa popular com sua origem na antiguidade com intuito de celebrar os deuses e a natureza.

Foi reconhecida pela igreja católica e incluída no calendário cristão depois de muitos séculos, ainda hoje é comemorada no mundo inteiro.



ORIGEM DO CARNAVAL

A origem do carnaval é incerta, mas acredita-se que tenha surgido na Grécia por volta do ano   
520 a.C. 

Era uma festa em que o vinho era fundamental e as pessoas se reuniam em nome do Deus Dionísio com a única intenção de se divertirem, celebrar a chegada da primavera e a fertilidade. 

Não se esqueçam que a primavera no hemisfério norte começa em 21 de março.

segunda-feira, janeiro 22, 2018

ONU convida estudantes a participar de competição mundial de simulados de direitos humanos - inscreva-se até 18 de abril de 2018

 
O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos e a Universidade de Pretória convidam estudantes do mundo inteiro a participar da 10ª edição da Competição Mundial de Simulações Jurídicas de Direitos Humanos.
O evento celebrará, também, o 70º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos e 100º aniversário de Nelson Mandela
Prazo para participação é 18 de abril de 2018.
Todos os anos,  equipes de graduandos e mestrandos apresentam argumentos legais para as demais equipes em uma disputa sobre questões de direitos humanos em evidência no momento atual. 
As equipes com as maiores notas nas cinco regiões da ONU são convidadas a participar da fase final de rodadas orais na Câmara do Conselho de Direitos Humanos, em Genebra, na Suíça.  
Foto de Alexandra Eurdolian
Palais des Nations, sede da ONU em Genebra
O encontro desse ano será entre os dias 15 e 20 de julho de 2018 e o prazo para apresentar candidaturas é 18 de abril de 2018. 
Todos os detalhes sobre como participar estão disponíveis aqui.